quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Projeto DOAR 2017

Projeto DOAR 2017


MARY BUSSON
Administradora
Feliz com essa linda festa...


O evento aconteceu em um belíssimo culto na Igreja do Pastor Amilton e Pastora Débora Santos.Igreja Batista ministério Vida Nova.






 Esse ano consegui arrecadar através do projeto 58 brinquedos novos,com a ajuda de várias madrinhas e padrinhos do mesmo, muitos deles através do meu facebook Mary Busson.





Ano que vem, 2018 a meta  é arrecadar em Brasília o maior número possível de brinquedos para o dia das Crianças.Se o Senhor permitir, sei que vai, pois esse projeto DOAR é dele mesmo... o que ele quer é que vidas sejam alcançadas...



Entre vários convidados importantes como, é claro, nossas amadas crianças...tivemos pastores, todos da nossa igreja também,  e o nosso estimado administrador da nossa cidade de Samambaia DF  Paulo Silva.


Coraçãozinho DOAR.


O coraçãozinho DOAR passa ser querido e essencial para abençoar muitas crianças... é mais não é somente elas que ele vem conquistando, seu carisma  leva  muitos a se render aos seus encantos em Brasília, até porque DEUS é AMOR.

Ta bom...vou parar de falar e mostrar os momentos mais felizes desta linda festa, que aconteceu dia 22 de outubro de 2017.






















Um projeto criado em 2012 pela vontade de Deus... e registrado em cartório da cidade de Samambaia em 2013 vem ao longo dos anos adquirindo credibilidade, com os colaboradores... em benefício da nossa sociedade.Tudo para honra e Glória do nosso Senhor Jesus Cristo.

DOAR é um gesto de AMOR.
Frase esta que já conquistou a muitos...


Fiquem com Deus e até 2018 onde com certeza superaremos todas as Campanhas em arrecadação de brinquedos em favor das crianças, e bateremos todas as metas com a ajuda da nossa sociedade...

MARY BUSSON

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Entrevista EXCLUSIVA com o autor mirim Paulo Sérgio Cavalcanti

...AINDA FALANDO SOBRE ARTES E CRIANÇAS!!!
Foi numa tarde agradável de sábado, dia 7 de outubro, que tive o imenso prazer de receber o escritor mirim Paulo Sérgio Cavalcanti Galvão, autor dos livros Aventura na Floresta e Aventura no Cerrado em minha casa para um bate-papo certeiro sobre o início de sua carreira artística: 


"Eu tinha 8 anos e nessa época meu pai teve câncer. Câncer no pâncreas... Aí ele morreu, faleceu. Por isso minha mãe e eu ficamos muito tristes... Enquanto ela trabalhava, conversava com a amiga dela sobre isso. Eu andava muito triste na escola... Então, aconteceu de um amigo chamado Evandro passar para pegar café onde minha mãe trabalha e ouvir tudo o que minha mãe dizia para essa amiga. Ele pensou em em ajudar, mas não me conhecia ainda. Primeiro, comprou aqueles livros de carros de presente e quando ele foi entregar para minha mãe, pediu que eu desenhasse alguns carros... Ele achou muito legais os meus desenhos. Ele achou que a gente podia fazer uma história juntos... Aí fizemos. Na primeira tentativa, quadrinhos. Mas depois disso, um livro de verdade! Assim nasceu o Aventura na Floresta e com o sucesso do livro, veio a segunda parte, A Aventura no Cerrado. E desse jeito surgiram meus dois livros!" 


À medida que eu faço as perguntas de forma desinibida e sempre entusiasmada (como sempre, aliás!!! HAHA!!!) meu pequeno entrevistado –, pequeno só em idade mas grande em ideias e opiniões, vale lembrar –, responde igualmente animado e espontâneo, adjetivos bem próprios para uma criança, você pode dizer, mas esbanjando o interesse e inteligência de uma criança-prodígio. Digam o que disserem, observar aqueles olhinhos vivazes e curiosos me fez ter esperança. 


Quando dizemos que as crianças são bênçãos do Senhor, não estamos exagerando. Não é efeumismo nem condescendência. Estamos constatando um fato. Temos o privilégio de conviver com as crianças –, essas criaturinhas celestes que dão tanto trabalho, mas que são tão fofas e necessárias que não saberíamos viver sem elas – e aprender junto com elas lições tão importantes todos os dias e não nos damos conta disso. 

As crianças são generosas e humildes. Sabem dividir e compartilhar com o próximo. Se brigam e quando se desentendem com os colegas e amiguinhos, logo estão brincando novamente no parquinho. Não guardam rancor e perdoam com facilidade. Esses são só alguns dos aprendizados que tenho presenciado e levado comigo durante todos estes anos e diariamente, trabalhando com elas. As nossas crianças são a nossa alegria e o nosso futuro!!! E é por isso que como pais, educadores e cidadãos, temos o dever protegê-las de qualquer influência penosa e danosa a longo prazo (AVISO DADO, REDE GLOBO ESTAMOS DE OLHO!!!).


...MAS VOLTANDO À NOSSA ENTREVISTA!!!!

Também gostaria de agradecer e de falar com muito carinho sobre a mãe do nosso autor mirim, a dona Paula Cavalcanti, que foi muito querida e muito solícita em nos conceder essa entrevista. Ela, a mãe coruja que e sou de carteirinha, acompanhou o filho com olhos atentos e muita simpatia enquanto ele se apresentava com um: "Oi, tudo bem com vocês? Meu nome é Paulo Sérgio", e era conduzido à uma sessão de fotos interminável, HAHA!!! Brincadeiras à parte, ela se sentou conosco na sala de estar bastante à vontade, para a surpresa e admiração da minha filha, que fitava tudo de longe... Eis uma coisa que concordamos: ficamos encantadas.   

sábado, 23 de setembro de 2017

Peça Infantil

Uma Joaninha Diferente.
Autora do livro - Regina Célia Melo.


Dia que a peça foi apresentada para as crianças - 22 de setembro de 2017

Momentos antes da peça...claro!!


Momento da pintura no rosto...de acordo com cada personagem da peça...


Eu sei...vocês querem saber mesmo é da peça...não é mesmo?


A peça começou com uma linda música...


Gostaram não é...
 Agora, vamos para as fotos mais lindas da peça...


As crianças aqui representam as flores.


João Victor, representou o sol.


Sim...fui a personagem da Joaninha Diferente.


O jardim era representado pelas crianças...flores, abelha e o sol.
Entre tantos personagens tínhamos o besouro.


Raquel, amiga, você representou muito bem...


O pássaro, foi representado pela minha amiga Dani...sem comentários.



Aqui, temos três das quadros joaninhas que participaram nesta peça...Viviane, Mary e Salma, mas tivemos também a joaninha Sinara. Obrigada meninas...


Agradeço a todos que de alguma maneira fizeram  a peça acontecer...


O importante é que todos entenderam o que a história quis passar... 


FIM

domingo, 3 de setembro de 2017

PROJETO DOAR 2017


Vamos viver o verdadeiro evangelho,neste dia das Crianças podemos sim fazer a diferença... doando um pouquinho de si para o nosso próximo...quando fazemos para o outro... estamos da melhor forma ajudando a nós mesmos...


Doe brinquedos e adote sorrisos.










Juntos podemos...sim, podemos ver nosso próximo como a imagem e semelhança de Deus.

O Senhor te abençoa todos os dias...
E quanto te custa comprar um brinquedo para doar?

Pode me responder?

Doe!!DOAR É UM GESTO DE AMOR.
Contato- MARY BUSSON 991688617